Mais sete óbitos e 128 novos casos de Covid-19 ocorridos nos últimos sete dias foram confirmados, nesta segunda-feira, 1º, no boletim atualizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) às 18h.

Os pacientes que faleceram em decorrência da doença na última semana foram homens e mulheres com idades entre 35 e 95 anos, em Belém e nos municípios de Altamira, Prainha e Terra Santa. As mortes ocorreram entre os dias 24 de fevereiro e 1º de março.

Em relação a subnotificação das prefeituras, ou seja, a notificações tardias de alguns municípios, a Sespa confirmou mais 1.074 casos e 25 óbitos que aconteceram em períodos anteriores. Esses óbitos ocorreram nos meses de maio, junho, agosto, dezembro do ano passado e em janeiro e fevereiro deste ano, mas só tiveram confirmação nesta segunda-feira. As vítimas tinham entre 29 e 93 anos e eram de Belém, Santarém, Redenção, Tailândia, Goianésia do Pará, Juruti, Alenquer, Aurora do Pará, Tucumã, Óbidos, Marabá e Portel.

Com isso, o Pará chegou a 366.613   casos confirmados da doença e 8.675 mortes após quase um ano do primeiro registro em território paraense, ocorrido no dia 18 de março de 2020. Desse total, 343818 pacientes conseguiram se recuperar. Há, ainda, o registro de 863 casos que seguem em análise e 61.417 casos que foram descartados. A taxa de letalidade no Pará, até o momento, é de 2,37%.
Disponibilidade de leitos

A disponibilidade de leitos estaduais exclusivos para a doença estava monitorada da seguinte forma: 601 leitos clínicos, sendo 251 disponíveis, com uma ocupação de cerca de 58,24%; Nesta segunda-feira, Sespa abriu mais 50 leitos clínicos no Hospital de Campanha do Hangar, que já contava com 250 leitos, sendo 150 leitos clínicos e 100 UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A partir desse acréscimo de leitos, serão 300 leitos no total.
Os leitos clínicos pediátricos são 15, com 8 disponíveis, a ocupação é de cerca de 46,67%. Os leitos de UTI adulto são 387, sendo 70 livres, com uma ocupação de 81,91%; Há o registro de apenas três UTI neonatal, sendo uma disponível, com taxa de 66,67%; As UTIs pediátricas são 19, sendo 12 disponíveis, com uma ocupação de 36,84%.

 

 

Fonte: O Liberal
Foto: Reprodução