Os servidores estaduais e aposentados do Estado vão começar a receber a primeira parcela do décimo terceiro salário no início do próximo mês. A antecipação do pagamento foi anunciada pelo governador Helder Barbalho. Ela deve iniciar a partir do dia 5 de outubro, na semana anterior ao Círio de Nossa Senhora de Nazaré.

Segundo o governador, que fez o anúncio em vídeo gravado ao lado da titular da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), Hana Sampaio Ghassan,  a medida vai beneficiar 147 mil servidores ativos e inativos do Estado, com injeção de R$ 407 milhões na economia paraense.

O décimo terceiro salário representa um fôlego no orçamento doméstico das famílias dos trabalhadores e ajuda a aquecer setores como comércio e serviços, com a injeção de recursos na economia. Por lei, a primeira parcelar deve ser paga até o dia 30 de novembro e a segunda até 30 de dezembro.

No vídeo gravado, Helder Barbalho destacou a importância da antecipação desse dinheiro para os servidores. “Ajudando os nossos servidores, valorizando os servidores ativos e inativos e claro, antecipando esse benefício, injetamos recursos na economia, fazendo com que a geração de emprego e renda possa ampliar no nosso estado”, enfatizou. “Valeu, servidores, parabéns a toda a equipe do Governo pelo equilíbrio fiscal que permite com que desde 2019 nós estejamos antecipando o décimo terceiro no período do Círio”, completou o governador.

 

Calendário

Conforme o calendário divuldado pelo Governo, os inativos militares e pensionistas civis/ militares e inativos civis e que recebem pensões especiais/ Seplad, serão os primeiros a receber o pagamento, no dia 05. Em seguida, no dia 06, será a vez dos servidores da auditoria-Geral, Casa Civil, Casa Militar, Defensoria Pública, Gabinete da Vice-Governadoria, Procuradoria-Geral, Sedap, Sectet, Seplad, Sefa, Semas, Secult, Seel, Sedeme, Sejudh, Sedop, Sespa, Seaster, Setran, Secom, Setur, NGTM, NEPMV, NGPR e SEAC, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar, Segup, Seap, Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, Hospital Ophir Loyola, Fundação Hemopa, Fundação Santa Casa, Adepará, Arcon, Asipag, Codec, Ceasa, Cohab, CPC Renato Chaves, Detran, Emater, EGPA, FCG, FCP, Fasepa, Funtelpa, Fapespa, Imetropara, Iasep, Igeprev, IOE, Iterpa, Jucepa, Prodepa, Uepa, Ideflor-Bio, CPH e Fundação Parapaz.

Por fim, no dia 07, irão receber os servidores da capital e do interior da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC).

“Buscamos sempre obter melhorias no serviço público para alcançar mais avanços na prestação de serviço à sociedade e a busca pela valorização do funcionalismo público. A antecipação da metade do 13º salário é o resultado do trabalho da gestão, que prioriza e reconhece o papel do servidor, e isso aconteceu com o controle das contas públicas, em especial as despesas com pessoal, o que permite a medida e também um bom planejamento e bom controle dos gastos, que é essencial”, declarou Hana Ghassan.

 

Fonte: O Liberal
Foto: Reprodução