Cruzeiro e Remo vão para a segunda partida da terceira fase da Copa do Brasil 2022, nesta quinta-feira (12), às 19h30, no Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG). O clube mineiro quer seguir na busca pelo sétimo título do torneio nacional, no qual é o maior vencedor, mas tem um adversário que é sempre uma pedra no sapato.

 

 

O time paraense nunca venceu a competição, tendo a melhor campanha em 1991, quando chegou até às semifinais. No entanto, aposta na grande hegemonia diante da Raposa para continuar vivo na competição.

No jogo de ida, no dia 19 de abril, o Remo saiu vencedor por 2 a 1, de virada, e aumentou para sete o número de vitórias sobre os mineiros. Em 12 jogos oficiais, a Raposa só triunfou uma vez em cima dos azulinos, 3 a 0 pela primeira fase do Brasileirão de 1979. Outras quatro partidas termiraram empatadas.

Sim, tem que ser ressaltado que, apesar do tabu passar de 42 anos, Cruzeiro e Remo, antes da Série B do ano passado, não se enfrentavam desde 1994. Confira o histórico do confronto em competições oficiais:

  • Remo 2 x 2 Cruzeiro – Brasileiro 1972 – Primeira fase
  • Cruzeiro 0 x 0 Remo – Brasileiro 1975 – Primeira fase
  • Remo 4 x 0 Cruzeiro – Copa Brasil 1977 – Primeira fase
  • Cruzeiro 3 x 0 Remo – Copa Brasil 1979 – Primeira fase
  • Cruzeiro 0 x 0 Remo – Brasileiro 1980 – Primeira fase
  • Remo 2 x 1 Cruzeiro – Brasileiro 1994 – Primeira fase
  • Cruzeiro 0 x 1 Remo – Brasileiro 1994 – Primeira fase
  • Remo 0 x 0 Cruzeiro – Brasileiro 1994 – Repescagem
  • Cruzeiro 1 x 5 Remo – Brasileiro 1994 – Repescagem
  • Remo 1 x 0 Cruzeiro – Brasileiro Série B 2021 – 13ª rodada
  • Cruzeiro 1 x 3 Remo – Brasileiro Série B 2021 – 32ª rodada
  • Remo 2 x 1 Cruzeiro – Copa do Brasil 2022 – Terceira fase – Jogo de ida

 

Retrospecto
07 vitórias do Remo
01 vitória do Cruzeiro
04 empates
21 gols do Remo
17 gols do Cruzeiro

Raposa em boa fase

O Cruzeiro está invicto há quatro jogos, todos pela Série B do Brasileiro – três vitórias e 1 empate. O time venceu no domingo (8) o Grêmio por 1 a 0, em casa, e está na segunda colocação, com 13 pontos. Mesma pontuação do Bahia, mas fica atrás no saldo de gols.

Jogando em casa em 2022, a Raposa está invicta há oito partidas – sete vitórias, sendo cinco consecutivas, e um empate. A última derrota como mandante foi no clássico contra o América-MG por 2 a 0, no dia 2 de fevereiro, pela 3ª rodada do Campeonato Mineiro, onde foi vice-campeão este ano.

Temporada 2022: 23 jogos, 15 vitórias, 2 empates e 6 derrotas – 68,1% de aproveitamento. 41 gols marcados e 20 sofridos.

Leão vive instabilidade

O Remo chega de derrota para o Brasil de Pelotas por 1 a 0, no último sábado (7), pela 5ª rodada da Série C do Brasileiro. Na Terceirona, a equipe ocupa apenas a 11° colocação, com sete pontos – 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

Atual campeão Paraense, o Leão não tem bom desempenho jogando fora de casa em 2022. São 10 jogos, com três vitórias, quatro empates e três derrotas. O técnico Paulo Bonamigo ainda tem que conviver com a pressão da torcida por melhores resultados.

Temporada 2022: 20 jogos, 9 vitórias, 7 empates e 4 derrotas – 56,6% de aproveitamento. 28 gols marcados e 17 sofridos.

Remo empata com o São José-RS — Foto: Samara Miranda/Ascom Remo

                                                               Remo empata com o São José-RS

Artilheiros

O Cruzeiro vai poder contar com o atacante Edu, que tem 12 gols na temporada 2022. No jogo de ida ele ficou de fora por lesão. No Remo, Brenner tem nove gols no ano e é a principal arma do time nas jogadas aéreas.

Edu é artilheiro do Cruzeiro na temporada — Foto: Staff Images

                                                     Edu é artilheiro do Cruzeiro na temporada

Vai ter lei do ex?

O Remo tem dois ex-cruzeirenses no elenco. O volante Anderson Uchôa, titular, passou pela Raposa nas temporadas 2009 e 2010, enquanto Marciel esteve na Toca em 2016. Os dois estão relacionados para a partida.

Pelo lado do Cruzeiro, o volante Neto Moura vestiu a camisa azulina no ano passado. Contudo, por já ter atuado na Copa do Brasil pelo Mirassol, não vai poder ajudar o time mineiro no jogo de logo mais.

Anderson Uchôa tem passagem pelo Cruzeiro — Foto: Samara Miranda/Ascom Remo

                                             Anderson Uchôa tem passagem pelo Cruzeiro

Último encontro no Independência

A última vez que Cruzeiro e Remo se enfrentaram no Estádio Independência foi na Série B de 2021. Na ocasião, os paraenses venceram por 3 a 1. Confira a ficha completa dessa partida:

Cruzeiro 1 x 3 Remo
Série B do Brasileiro 2021 – Rodada 32
Data: 
28 de outubro de 2021
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Gols: Anderson Uchôa aos 39min/1ºt; Eduardo Brock aos 45min/1ºt; Jefferson aos 42min/2ºt; Ronald aos 47min/2ºt;
Público Pagante: 2.378
Público Total: 2.792
Renda: R$ 68.260,00
Cruzeiro: Fábio, Rômulo, Ramon Menezes, Eduardo Brock, Felipe Augusto, Adriano (Marcelo Moreno), Lucas Ventura, Giovanni, Vitor Leque (Dudu Silva), Thiago (Rafael Sobis), Bruno José (Wellington Nem) – Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Remo: Thiago Coelho, Thiago Ennes, Romércio, Rafael Jansen, Raimar, Anderson Uchôa (Wellington Silva), Lucas Siqueira, Felipe Gedoz (Marlon), Arthur (Marcos Júnior), Lucas Tocantins (Jefferson), Matheus Oliveira (Ronald) – Técnico: Felipe Conceição

Fonte: G1
Foto: Fernando Torres