O governo do Estado entregou nesta quinta-feira (12), cheques do programa “Sua Casa”, beneficiando 125 famílias carentes de Augusto Corrêa. Os benefícios, que irão auxiliar na construção e reconstrução de residências, foram entregues pelo governador, Helder Barbalho e representam um investimento de mais de 1 milhão e duzentos mil reais, por meio da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab).

“Aqui temos 125 famílias beneficiadas. Isso significa que as famílias vão receber apoio para aquisição de material de construção. Comprem da estância daqui da cidade. Além disso, estamos entrando com o dinheiro do pedreiro, carpinteiro para que vocês possam construir. Usem o recurso com sabedoria”, orientou o chefe do executivo estadual.

O “Sua Casa” tem como objetivo principal garantir auxílio para aquisição de material de construção e para o pagamento dos trabalhadores empregados durante a obra de construção, reconstrução e ampliação. O valor concedido pelo “Sua Casa” é de até 21 mil reais. Segundo estimativas da Cohab, os investimentos na política habitacional já foram expandidos para todas as regiões paraenses desde que o programa foi criado, em 2019, garantindo melhorias aos lares e também gerando renda para trabalhadores da construção civil.

Luis dos Santos foi um dos beneficiados com o programa habitacionalO presidente da Cohab, Orlando Reis, explicou que o programa vem sendo ampliado por todas as regiões paraenses. “O Governo do Estado, por meio da Cohab, está chegando em cerca de 130 municípios. Essa é a orientação do governador. Hoje não seria diferente. O recurso vai mudar para melhor a vida das pessoas que vão poder melhorar as condições de moradia. Esse é o objetivo da Cohab e do Governo do Estado”, declarou.

“O governo tem nos ajudado, com os cheques do Sua Casa e outros investimentos. Isso ajuda o nosso município a desenvolver”, destacou a prefeito de Augusto Corrêa, Estrela Nogueira.

Dona Maria Fernandes é lavradora e foi contemplada pelo “Sua Casa”. A moradora conta que não conseguiu dormir esperando pela hora de receber o cheque do programa. “Eu estou muito agradecida por essa força, porque todos nós estávamos esperando. A minha casa é de barro, está quase caindo, mas agora eu vou poder levantar”, festejou a moradora.

Desde a criação em 2019 até o final de fevereiro de 2022, segundo a Cohab, o programa já chegou a 117 cidades paraenses em todas as regiões. O investimento total do “Sua Casa”, com a liberação das duas etapas, somou mais de R$ 260 milhões. O recurso foi destinado para o melhorar mais 25 mil domicílios. A estimativa da Companhia é de que o programa tenha beneficiado mais de 125 mil pessoas ao longo dos anos.

Para receber os benefícios, os candidatos devem atender aos critérios – estabelecidos em lei – para serem inscritos. Após a inscrição, a Cohab seleciona gradativamente os inscritos com base na ordem de prioridades previstas nas diretrizes do programa. À medida em que os candidatos são selecionados, a equipe de engenheiros da Companhia inicia o processo de avaliação e diagnóstico das moradias. Em seguida, a próxima fase consiste na análise socioeconômica do setor de assistência social da Companhia, momento em que os técnicos averiguarão a real condição social dos candidatos.

Critérios para inscrição no Programa:
Renda familiar de até três salários mínimos.
Não possuir outro imóvel.
Ser maior de 18 anos ou emancipado.
Ter família constituída com no mínimo dois integrantes.
Não ter sido beneficiado por outro programa habitacional nos âmbitos municipal, estadual e federal.
Comprovar que detém a propriedade ou posse do imóvel há mais de cinco anos.
Famílias que já foram beneficiadas em outros programas habitacionais podem ser atendidas, em caráter excepcional, em caso de ocorrência de sinistro, condições mínimas de habitabilidade, vulnerabilidade social e/ou remanejamento.

Prioridade no atendimento do “Sua Casa”:
Família que passou por sinistro.
Imóvel em condições mínimas de habitação.
Família em situação de vulnerabilidade social.
Família cujo responsável pela subsistência seja mulher.
Pessoa com deficiência que habite de forma permanente no imóvel objeto da intervenção do Programa.
Pessoa idosa que habite de forma permanente no imóvel objeto da intervenção do Programa.
Pessoa com menor renda familiar dentro do limite do Programa.

Serviço: Interessados em se cadastrar no Programa “Sua Casa” podem ligar para: (91) 3214-8533 e (91) 3214-8400.

Fonte: Agência Pará
Foto: Pedro Guerreiro