Uma história de amor tem sido rotina nas arquibancadas da Vila Belmiro em todos os jogos do Santos. Desde o início do Campeonato Paulista, uma família senta toda vez no mesmo lugar, sempre com o mesmo objetivo: levar alegria para o santista Matheus, de 25 anos.

Deficiente visual, Matheus carrega o amor pelo Santos desde criança. As dificuldades para acompanhar o clube do coração deram ao garoto uma nova paixão: o rádio. Com o passar do tempo, a mãe, Eliane, e o pai, Altamir, viraram até narradores. É assim que o torcedor acompanha o Peixe.

Os pais, inclusive, naturalmente deixaram de lado paixões antigas para acompanhar o filho. Tricolores, ela torcedora do São Paulo e ele do Fluminense, Eliane e Altamir agora torcem também pelo Santos. Tudo pela alegria de Matheus.

No último sábado, pai, mãe, filho e primos foram à Vila Belmiro para assistir ao jogo do Santos contra o Bragantino. O resultado, é claro, não foi o esperado, mas nem o empate em 2 a 2 foi capaz de tirar a alegria de Matheus de estar perto do que tanto ama.

Para a mãe, independentemente do resultado em campo, a maior vitória é poder ver seu filho Matheus sair de casa e viver mais perto do que o faz feliz. E só o Santos foi capaz disso.

Com o Matheus e seus pais na torcida, o Santos entra em campo novamente na quarta-feira, para enfrentar o Corinthians, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na Neo Química Arena, às 21h30 (de Brasília).

Fonte: Roma News
Foto: Reprodução/Redação