Prestes a atingir a marca de 50 filmes na carreira, o diretor Woody Allen decidiu que está na hora de dar uma pausa nos projetos cinematográficos e dedicar sua criatividade a outras áreas de sua vida. O cineasta deve se aposentar após o próximo filme e focar apenas na escrita daqui para frente.

A informação foi revelada ao jornal espanhol La Vanguardia, enquanto Allen está na Europa para gravar seu próximo filme, que se passa em Paris. “Minha ideia, a princípio, não é fazer mais filmes e focar em escrever essas histórias e, bem, agora estou pensando mais em um romance”, explicou.

Esta não é a primeira vez que o cineasta revela que pretende parar. Em entrevista ao jornal Le Journal du Dimanche no início de julho, Allen declarou que pensava em largar o cinema em breve.

Woody Allen também não focará mais em escrever suas memórias, após ter seu livro cancelado pela editora Hachette, mas adquirido por outra editora, a Arcade. Ele também teve problemas com o Amazon Studios, que engavetou o filme A Rainy Day in New York, após acusações de abuso contra o diretor virem à tona.

O próximo –e até então, último– longa de Allen será gravado inteiramente em francês, e foi descrito como “emocionante, dramático e também muito sinistro” por ele mesmo. Woody Allen tem preferido gravar em países europeus, já que seu apoio nos EUA caiu devido às acusações que sua filha, Dylan Farrow, fez contra ele.

Fonte: Roma News
Foto: Reprodução