A atriz Cléo Pires postou uma série de stories em seu Instagram nesta segunda-feira, 19, onde fez um importante desabafo. A filha de Glória e Fábio Júnior vem sendo vítima de intolerância religiosa e decidiu dar um basta na situação, deixando claro que não irá mais tolerar nenhum comentário negativo sobre sua crença.

A artista que praticante já é do Candomblé, tornou a ser o foco dos holofotes após seu casamento ter acontecido sobre as matrizes de sua religião. Após oficializarem a relação em 2021, a artista e o empresário Leandro D’Lucca realizaram uma cerimônia no último mês de julho.

 

“Eu recebo muitos comentários absurdos sobre religião aqui no meu Instagram. As pessoas tem todo o direito de seguir a religião que mais se aplica a vida da pessoa, com os valores da pessoa, com que a pessoa acredita, mas não existe só uma religião no mundo. E, pra gente evoluir como sociedade, a gente precisa urgentemente respeitar todas as formas de pensar”, começou Cleo.

Logo em seguida, a irmã de Fiuk deixou claro como o preconceito religioso no Brasil afeta somente as religiões que fogem do tradicional cristianismo. “Claro, que quando a gente fala em intolerância religiosa, a gente sabe que é bem mais pesado quando a gente fala das religiões de matrizes africanas e a gente sabe muito bem por quê. Não, eu não tô cega, desviada de Jesus, como muitos de vocês comentam. Eu estou bem lúcida tá? Sigo trabalhando bastante, com bastante projetos legais, sem passar por cima dos outros, com os meus valores em dia”.

“Intolerância religiosa mata! E fora isso, é tão cafona! Eu espero não ter que ficar voltando nesse assunto que já era para ser uma página virada, não vou tolerar esse tipo de comentário por aqui. Parem de viver em 1920 galera, a gente está em 2022”, finalizou.

 

Fonte: Roma News
Foto: Reprodução/Instagram